segunda-feira, 1 de junho de 2015

Procure Deus

As vezes o Diabo deixa as pessoas viverem a vida sem problemas, porquê não quer que recorram a Deus.

Seu pecado é como cadeia, só que tudo é lindo e confortável e não há necessidade de sair.

A porta está aberta, até que um dia o tempo se esgota e a porta da cela se tranca, então.. é muito tarde!

terça-feira, 22 de abril de 2014

sábado, 12 de abril de 2014

Uma melhor Interação Social


Aristóteles já dizia: "O homem é por natureza um animal social". A vida em grupo é uma exigência da natureza humana. O mesmo tem necessidade de seu semelhantes para sobreviver, para proteger, perpetuar a espécie e para realizar-se como pessoa. Existem alguns fatores que provocam o isolamento social como: timidez, preconceito e a desconfiança, pois são capazes de preoduzir um isolamento parcial segundo o sociólogo Karl Mannheim.

Primeiro deve-se fazer o contato social, que é a base da vida social, é o primeiro passo. São divididos em Primários e Secundários.

Primários: Contatos pessoais diretos, face a face, possui base emocional, pois os envolvidos compartilham experiências emocionais. Ocorre entre pais e filhos, irmãos, amigos, marido e mulher onde compartilha-se as experiências dos indivíduos.
Secundária: São os contatos impessoais, calculados, formais. Para atingir um determinado fim. Exemplo: contato passageiro e cobrador de ônibus apenas para pagar uma passagem, caixa do banco para descontar um cheque e etc.

O importante é desenvolver a comunicação para conseguir fazer a interação social, pois a mesma provoca uma modificação de comportamento nos indivíduos envolvidos, como resultado do contato e da comunicação que se enstabelece entre eles. A foma mais típica de interação socil, como vimos, é a que há uma influência recíproca entre os participantes. 

Sugue algumas dicas para interagir socialmente melhor com as pessoas em volta.

1 – Busque gostar das pessoas: tenha interesse pelas pessoas, incite sua curiosidade por elas e principalmente, demonstre para as mesmas, que você aprecia aquilo que elas fazem. Em outras palavras, use sua simpatia para demonstrar para as pessoas a importância que elas tem para a sua vida e o quanto você valoriza isso.

2 – Busque ser bem humorado: a maior característica de uma pessoa de marketing pessoal forte é o sorriso. Não há dúvidas de que, o bom humor conquista/seduz as pessoas, pois, é algo que faz com que as mesmas se sintam valorizadas e queridas.  Digo isso, porque você está lidando com seres humanos, cheios de dúvidas, medos, incertezas, inseguranças e instabilidade, sendo assim, transmita emoções positivas, para que assim, você consiga ganhar a confiança das pessoas.

3 – Busque ouvir as pessoas: acredite, algumas pessoas não querem as soluções para os seus respectivos problemas, e sim que exista alguém que esteja disposto a ouvi-los. Sendo assim, uma das habilidades imprescindíveis  de relacionamento saudável, é exatamente saber ouvir as pessoas. Estimule as pessoas a falarem de si mesmas, é uma atitude ímpar para que as mesmas criem um vínculo afetivo, fazendo de mim, uma pessoa interessante.

4 – Busque perdoar as pessoas: somos seres muito diferentes uns dos outros, portanto, é natural que haja atritos, divergências e desgastes em um relacionamento. A questão é a seguinte: como você administra esses conflitos? O segredo é olvidar, pois, é preciso aceitar que algumas pessoas irão nos machucar de vez em quando, mas, por acreditarmos nelas, devemos praticar o ato de perdão.

5 – Busque aceitar a diversidade: a heterogeneidade é algo que deve ser valorizado pelas pessoas, e não o contrário. Examine-te a ti mesmo e responda para si próprio, se você é uma pessoa que expede julgamentos por conta de religião, classe social, etnia, opção sexual, enfim, tudo aquilo que você discorda, e repare se é capaz de enxergar as pessoas de forma igualitária e justa.

6 – Busque desejar para as pessoas tudo aquilo que deseja para si mesmo: colhemos exatamente aquilo que plantamos, ou seja, se desejar sucesso para você, aprenda a desejar o sucesso para os outros também. Fazendo isso, esse desejo voltará para você multiplicado por cem. Além disso, busque agir em prol das pessoas e sempre esteja disposto a ajudá-las quando preciso, pois, o universo conspira a favor daqueles que praticam a bondade e a caridade.

7 – Busque agradar as pessoas: busque, sem perder sua autenticidade, satisfazer as necessidades dos outros. Por exemplo: se for conversar com alguém que gosta de falar sobre futebol, procure se adequar a isso (conheça o time de coração dele, o último título conquistado, qual a posição do mesmo no campeonato, etc.) para que assim, você torne a conversa interessante para ambas às partes. Outro bom exemplo, é que você pode descobrir qual é o presente que uma pessoa gostaria de receber e fazer uma surpresa para ela. Enfim, busque ser uma pessoa sempre disposta a fazer a diferença de forma positiva na vida das pessoas.

8 – Busque elogiar as pessoas: saiba reconhecer as qualidades alheias e apreciá-las, para que assim, as pessoas se sintam autoconfiantes ao seu lado, e principalmente, abertas para contar seus problemas e frustrações. Além disso, busque contar um pouco de suas experiências (positivas e negativas) para a outra parte, pois assim, você estará sendo transparente e sincero, e essas, são duas qualidades muito bem valorizadas pelas pessoas.

 9 – Busque ter empatia: tente se colocar no lugar da outra pessoa, buscando entender seus sentimentos e desejos, para que assim, você possa ajudá-la de alguma forma. Digo isso, porque muitas das vezes, somos egoístas e somente vemos o nosso lado, negligenciando os problemas da outra parte, sendo assim, devemos otimizar nossas habilidades de sentir e perceber o nosso próximo.

10 – Busque valorizar mais os pontos positivos do que os negativos: com relação aos defeitos de uma pessoa, você deve entender que também é um ser errante, e que possui, inúmeros pontos negativos que a outra parte também percebe e despreza. Portanto, volte suas atenções para as coisas boas e esqueça as ruins (isso não quer dizer que você não irá dar um conselho para ajudar uma pessoa, se perceber um equívoco da mesma), haja vista, que todas as pessoas do mundo, possuem qualidades e aptidões únicas, que fazem com que o mundo seja múltiplo, e dotado de uma diversidade ímpar.

11 – Busque otimizar suas habilidades de comunicação: trabalhe sua linguagem verbal (dicção, eloquência, tom de voz, etc.) e também sua linguagem não verbal (postura atenta, olhos fixados na outra parte, etc.) para que assim, as pessoas consigam ter facilidade de compreender a sua mensagem. Algumas pessoas falam rápido demais, possuem um conjunto de palavras desordenadas, são ansiosos e não conseguem deixar de interromper a fala do outro, ou, até mesmo, demonstram falta de interesse pelo assunto em questão, enfim, fazem tudo errado.

12 – Busque ter iniciativa: seja uma pessoa que busca interagir com as outras, ou seja, demonstre para o mundo que você existe, haja vista, que é impossível estabelecer um networking inteligente se você for tímido, introvertido e comedido, sendo assim, busque ser alguém que toma iniciativa e procura interatuar com os outros.

13 – Busque reconhecer seus erros: o problema não é errar, e sim não corrigir o erro. O homem que reconhece seu erro, demonstra, além de cordialidade e nobreza, uma grande humildade. Em outras palavras, não seja orgulhoso e prepotente, como um deus na terra, que não tem capacidade para reconhecer os próprios erros cometidos.

14 – Busque sempre fazer com que a pessoa tenha a sensação de que teve participação ativa no sucesso de uma meta: você precisa aprender a dividir seus êxitos com as pessoas, haja vista, que em um relacionamento, é sempre mais benéfico dar do que receber. Além disso, partilhe seus conhecimentos e informações para as outras pessoas constantemente, afinal de contas, o que você fará com isso tudo sozinho?

15 – Busque não constranger as pessoas: cuidado para não envergonhar uma pessoa, principalmente, se a mesma for tímida. Sendo assim, busque agir educadamente, sempre respeitando as pessoas e procurando ser gentil com as mesmas.

16 – Busque ter autocontrole: autocontrole significa a sua capacidade de gerir seus próprios sentimentos e pensamentos, de forma que o meio termo, é a chave para a consecução eficiente desse fator. Em outras palavras, a paciência deve ser um dos pilares da pessoa, para que assim, a mesma consiga suportar as objeções e importunações que a vida certamente trará.

17 – Busque ser respeitoso com as pessoas: aprenda a respeitar as opiniões alheias, ou seja, não aja como um juiz, sempre pronto para julgar a causa do próximo. O negócio não é defender suas ideias, e sim ajudar as pessoas a entenderem as delas.

18 – Busque abnegar de algumas coisas: sempre que possível, abra mão de algumas coisas para que uma pessoa seja ajudada por você, ou seja, às vezes, você terá que perder uma coisa no presente para ganhá-la no futuro. Vale lembrar que, sempre quando for praticar uma boa ação, faça de bom grado, nunca por obrigação, pois assim, estará agindo de maneira nobre e inteligente.

19 – Busque copiar algumas pessoas: você conhece alguma pessoa que possui facilidades de relacionamento? Se sim, porque não observa o comportamento da mesma, e busca, tentar trazer para si, alguns atributos que fazem com que a mesma tenha tanto prestígio?

20 – Busque atacar o problema, não a pessoa: se tiver que criticar uma pessoa, busque atacar os fatos, ou seja, não faça ataques pessoais. É evidente, que nossos amigos, por muitas vezes, precisarão de nosso auxílio, todavia, pense bem antes de externar um pensamento e quando o fizer, saiba ser sutil, para que a outra parte não se sinta atacada, pois, lembre-se, o que uma pessoa espera de um amigo é o sorriso e não a espada.

 Foto: Surf Nato -  Ilha de Mosqueiro-Pa

          MundoSocialNove

sábado, 7 de dezembro de 2013

A doce Inutilidade


"A velhice nos traz direitos maravilhosos.
A juventude nos traz muitas obrigações.
Como é difícil ser jovem e ter o direito de se cansar.
O idoso não, pode deitar na hora que quiser!

As vezes a gente tem uma agenda tão pesada, que não temos o direito de adoecer.
E a velhice é o tempo que podemos viver a doce inutilidade.
Não tem como fugir, mais cedo ou mais tarde teremos que experimentar o território desconcertante da inutilidade.
A gente sabe que essa palavra é pesada, mas esse é o movimento natural da vida.

Perder a juventude, de alguma maneira é perder a sua utilidade.
É uma consequencia natural da idade que chega, quando o tempo sopra sobre nós essa poeira.
Quando a gente vai perdendo as habilidades e destrezas da juventude, experimentamos da inutilidade que a natureza nos proporciona.

Mas veja pelo lado bom, a gente tem que ser otimista, a utilidade é uma coisa muito cansativa.
Está certo, realizar, humanamente falando é interessante saber fazer coisas.
Acredito que a utilidade é um terreno muito perigoso, por que muitas vezes achamos que o outro gosta da agente.
Mas não, o outro está interessado somente pelo o que nós fazemos para ele.
É por isso que a velhice é esse tempo em que passa a utilidade e fica só o seu significado como pessoa.
É um momento em que a gente purifica, é um momento em que a gente vai ter a oportunidade de saber quem nos ama de verdade.
Por que só nos ama, só vai ficar até o fim, aquele que da nossa utilidade descobrir o nosso significado.

Peça a Deus para que possa envelhecer ao lado das pessoas que o amam, aquelas pessoas que possam  proporcinar a tranquilidade de ser inútil, mas ao mesmo tempo sem perder o valor.

Se você quiser saber se o outro te ama de verdade, é só identificar se ele seria capaz de tolerar a sua inutilidade.
Quer saber se você ama alguém pergunte a sí mesmo, quem nessa vida já pode ficar inútil para você sem que sinta o desejo de jogá-lo fora? é assim que nós descobrimos o significado do amor, só o amor nos dá condições de cuidar do outro até o fim.

Feliz aquele que tem ao final da vida a graça de ser olhado nos olhos e ouvir a fala que diz: você não serve para nada, mas não sei viver sem você!"

Texto: Pe Fábio de Melo
Paisagem: Praia de Alter-do-Chão, Santarém-Pa
Foto de Rodrigo Farias



sábado, 2 de novembro de 2013

Vida e a Morte

"Poderíamos talvez classificar três formas de observar a vida: racionalmente, religiosamente e emocionalmente. Racionalmente seria o sentido da vida como um único objetivo: de reprodução para manter a espécie. Do ponto de vista religioso, teríamos uma determinada missão a cumprir e seriamos enviados a esta missão como um dever a ser cumprido. Emocionalmente vivemos nossas vidas por outro que amamos e nos doamos. O sofrimento maior não é não ter um sentido na vida, pois neste caso solucionamos com uma busca ao sentido. O sofrimento maior é a angustia de saber que caminhamos em direção a nossa morte. Que de fato a vida nos leva a morte, inevitavelmente. Vivemos para morrer. Enfim, descobrir que o nascimento é o ponto de partida para o destino morte é agonizante, angustiante, aterrorizante. A consciência do sentido da vida e o fim da vida é um sofrimento, pois não o dominamos e o desconhecemos. Logicamente, poderíamos pensar que hoje é um dia a menos para minha morte. De fato, é. Faz-me sentir-me vivo, extremamente vivo! Alias é uma sensação de conforto de alivio. A morte é o desconhecido, nada é mais assustador que o desconhecido.
Pensar a vida e a morte num plano existencial é limitar-se ao racional. Posso pensar a morte dos outros, não a minha nem das pessoas que amo, mesmo racionalmente, gera uma ameaça. Seria este, um momento de lucidez humana? No sentido de saber de que a morte me pertence, acontecerá. Desejamos que fosse num futuro distante. Neste instante a vida recebe todos os sentidos possíveis, nos tornamos racionais, religiosos, emotivos e ainda se preciso, encontramos mais motivos para mantermos vivos, longe da morte.
A verdade é que mesmo a morte sendo a incógnita da vida e às vezes questionando o sentido da vida, o pensar a morte já se torna a morte da minha "inocência". De um dia ter acreditado que eu não iria morrer."
Autor:  Jorge Antonio Torres MachadoLetícia Luconi
Foto: Estação das Docas - Belém-Pa

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Aprender


Talves o coração verdadeiro dentro de nós, não seja apenas uma bomba.
Talvez ele esteja ligado ao amor e à fé.
Talvez o corpo físico não seja quem nós somos.
Talvez sejamos almas invisíveis andando por alí e o corpo seja apenas um instrumento, uma metáfora ou algo que estejamos tentando aprender.

Dr. Rediger
Foto: Instagram(@cadanricardo) Igarapé em Mosqueiro-Pa

quarta-feira, 1 de maio de 2013

12 Passos para ser feliz



SEJA OTIMISTA

Encare a vida de modo positivo, e você se surpreenderá, sentindo-se feliz e cheio de energia. Lembre-se: todo mundo gosta de pessoas "para cima" e que transmitem otimismo.

FAÇA PLANOS

Veja a vida como um todo e não deixe que pequenos reveses o desanime. Tente sempre alcançar seus objetivos, sejam eles se tornar presidente, pagar as dívidas ou ter um casamento duradouro. Você encontrará obstáculos no caminho; mantenha o foco na recompensa e evite se aborrecer por pequenos problemas.

TENHA GRATIDÃO

Mostre às pessoas que você gosta delas. Agradeça um colega pela ajuda. Parabenize outro pelo sucesso atingido. Seja educado com o garçom que lhe traz o café da manhã.

Dê algumas moedas para aquele morador de rua que você sempre vê.

E agradeça por ter uma vida feliz.

APROVEITE A VIDA

Arrume um tempo para você e para as coisas que gosta de fazer, lave seu carro; faça planos, faça pequenos consertos pela casa, assista à televisão; veja um show. Faça de você uma prioridade e faça o que você gosta.

Presenteie-se de vez em quando.

MUDE SUA ROTINA

Alterar sua rotina lhe trará novas energias. Tenha uma clara divisão entre trabalho e tempo livre, e deixe espaço para atividades divertidas e momentos de reflexão.

MANTENHA CONTATO COM AS PESSOAS

Lembre-se de como você se sentiu quando recebeu uma ligação inesperada de um velho amigo? Envie um e-mail para alguém ou ligue para amigos e parentes para simplesmente dizer "oi".

SEJA CRIATIVO

Encontre uma atividade na qual você possa extravasar sua criatividade. Pode ser construir ou reformar, desenhar ou pintar, escrever, e até mesmo fazer jardinagem. Não importa se você está ocupado ou sinta preguiça ao fim da semana; se reservar um tempo para atividades criativas você será mais feliz e mais saudável.

ENCONTRE UM AMOR

Compartilhar experiências com alguém que você ame vai aumentar – e muito – sua felicidade. Amor incondicional vai fazer você se sentir seguro e alegre.

CONVERSE COM ALGUÉM

Tenha um melhor amigo com quem você possa conversar sobre qualquer assunto. Ele não vai te julgar ou tentar resolver seus problemas. Ele o escutará porque ele sabe que você fará o mesmo por ele.

PERDOE

Talvez seja hora de perdoar alguém (ou você mesmo) por algo que foi feito ou dito. Se outra pessoa foi promovida ao invés de você, ou se você perdeu seu emprego por causa de uma reestruturação empresarial, reconheça que você não pode voltar atrás. Simplesmente aceite. Recupere o controle sobre a sua felicidade deixando para trás antigas mágoas.

SONHE

Escreva seus sonhos e, aos poucos, realize-os. Você terá novos objetivos, nos quais focalizará suas energias.

SEJA FELIZ

Enfim, faça com que o ambiente em que você vive ofereça oportunidades para reconhecer e aproveitar os aspectos positivos e os bons momentos da vida.

Se esforce para ser feliz.

Foto: Croa Nova - São João de Pirabas - Pa

sábado, 27 de abril de 2013

A Pedra

O distraído nela tropeçou;
O bruto a usou como arma;
O empreendedor a usou como construção;
O camponês dela fez um assento;
Drummond a poetizou;
Já Davi com ela matou Golias;
Michelangelo dela fez belas esculturas.

OBSERVE: que a diferença não está na pedra, mas nas pessoas! Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento. Que Deus lhe dê sabedoria, para saber o que fazer com cada pedra que encontrar em seu caminho, tornando-asalicerce em sua vida.

Foto: Ilha do Marajó - Pa
Texto: Autor desconhecido

sexta-feira, 15 de março de 2013

Estarei com você


Seja forte e corajoso, não fique desanimado, nem tenha medo, porque EU o Senhor seu Deus, estarei com você em qualquer lugar por onde você passar!
Josué 1:9

Foto: Minha criança na Ilha de Mosqueiro, Belém-Pa.

sexta-feira, 1 de março de 2013

O que é felicidade?


Todos buscamos a felicidade, mas não sabemos ao certo como chegar lá. Diz Aristóteles que, a felicidade é o fim que natureza humana visa. E, a felicidade é uma atividade, pois não está acessível àqueles que passam sua vida adormecidos. Ela não é uma disposição. À felicidade nada falta, ela é completamente auto-suficiente. É uma atividade que não visa a mais nada a não ser a si mesma. O homem feliz, basta a si mesmo. Uma vida virtuosa exige esforço e não consiste em divertimento. Portanto, a recreação não consiste em felicidade. Por isso, conclui o filósofo que; a boa atividade na virtude torna–se felicidade.

 A felicidade é atingida quando o homem se liberta dos males terrestres, mas não pode ser contínua. Por isso, é preciso ser virtuoso e respeitar os valores morais.


Fonte: A Felicidade em Aristóteles
Texto: Bernardo Rafael de C Pereira
Foto: Praia do Pesqueiro - Ilha do Marajó - Pará - fotografo desconhecido.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Eu Prisioneiro de Mim



Em alguns momentos da vida, nos deparamos com problemas que parecem sem soluções e diante disso somos sequestrados pela nossa limitação, aí somos torturados pela nossa cegueira diante da luz. Deus dono de MIM, sofre com a nossa falta e cerca o nosso cárcere tentando o tempo todo fazer o resgate, mas somos exigentes e queremos algo em troca. E Deus com palavras de amor grita:
TUDO A SEU TEMPO!!!...
VOCÊ VAI VENCER!!!...
TU ES O MEU FILHO(A)!!!...
VOCÊ É LIVRE!!!!....
EU TE AMO!!!...
E mesmo assim, continuamos a lamentar o que ainda não temos e nos lançamos nas nossas prisões cheias de incompreensões. E Deus acampa com os anjos "atiradores de elite" esperando pacientemente a nossa fraqueza, para nos fazer acreditar que somos fortes.
Meus amigos, se por ventura alguma coisa vos fizer perder a esperança, não aprisionem-se em si mesmos, pois quando a maldade das pessoas vos aprisionar, o vosso EU precisará estar para lutar.
QUE DEUS VOS ABENÇOE GRANDEMENTE!!!!!...


Texto: Hamilton Serrão
Foto: Cadan Ricardo
Local - Praia do Paraíso, Ilha de Mosqueiro- Belém-Pa

domingo, 13 de maio de 2012

Ética


Conjunto de valores e princípios que decidimos para escolher as três questões da vida: quero, devo e posso. Quais são os princípios que eu usamos?
- Tem coisas que queremos mas não devemos;
- Tem coisas que devemos mas não podemos;
- Tem coisas que podemos mais não queremos.
Temos paz de espírito quando aquilo que queremos é o que podemos e é o que devemos! Tem coisas que queremos mas não devemos, tem coisas que devemos mas não podemos, tem coisas que podemos mas não queremos. Ética é o conjunto de valores que decidimos isso, o mesmo é definido através do modular, exemplar, princípios da sociedade sejam religiosos ou não, define através de normatizações...

Mauro Sergio Costella
Foto: Ilha do Cocal - Salinas - PA
Fonte da foto: Carapanã no Ar

domingo, 11 de dezembro de 2011

Empreendedor

"Empreendedor de sucesso tem um descontentamento nato que os ajuda a destacar-se do resto. Não se conformam com o mundo e tentam adaptá-lo a si. Além disso, possuem grande necessidade de fazer acontecer e não medem esforços para alcançar o sucesso."

Ronald Degen

Achei minha definição depois de muito refletir.